Ligue para nós: 31 2551-4410

BLOG

Método Sinergia

Por VIVIANE MEYEREWICZ 03 dez, 2017

Olá! É um enorme prazer compartilhar com vocês assuntos de interesse comunitário nesse espaço repleto de informações e notícias. Por isso, conto com vocês no envio de sugestões de temas.

 Muitos de nós sabemos o quanto é importante cuidar do corpo e da mente. No entanto, quando precisamos colocar em prática o que realmente precisamos para estabelecer um equilíbrio entre o corpo e a mente acabamos deixando

sempre para depois. Não é verdade?

Esse comportamento de deixar para depois algo que pode ser feito agora gera grandes impactos em nossas vidas. Posso citar comportamentos recorrentes. Por exemplo: “Hoje não vou caminhar, amanhã eu caminho um pouco a
mais para compensar o que não fiz hoje”.

Quando chega o dia seguinte cometemos o mesmo erro de achar que amanhã podemos compensar o que não foi feito hoje. Fato é que ao emitirmos esse tipo de pensamento criamos um ritual de procrastinação que nos impede de fazer coisas simples do dia a dia, sendo assim, deixamos de cuidar do nosso corpo e nos tornamos sedentários.

A mesma coisa acontece em relação aos cuidados com a mente. Sempre deixamos para depois a ida ao psicólogo. Sempre há um motivo que impede: pode ser o horário, a falta de recurso financeiro ou até mesmo o fato de achar que não precisa de um psicólogo; afinal, para muitas pessoas o profissional em questão auxilia somente pessoas com problemas mentais. O que não é verdade!

O papel do psicólogo não é apenas lidar com situações de extremos, mas auxiliar qualquer pessoa que deseja se conhecer melhor, ter uma interação consigo mesmo e aprimorar suas habilidades de forma que elas atuem positivamente em seu desempenho pessoal e profissional. Diante dessa exposição, volto a questão do “deixar para depois”. Uma pessoa que deseja manter um equilíbrio na vida precisa manter o corpo e a mente em harmonia. Aí vem a pergunta, como colocar corpo e mente em equilíbrio?

A resposta é bem simples! Conheça a si mesmo, entenda seus limites, conheça suas habilidades e trabalhe-as com carinho e dedicação. Pode parecer difícil se propor o autoconhecimento, pois nem sempre sabemos por onde começar, ou se sabemos deixamos para depois.

Cuidar do corpo é importante para a saúde física e cuidar da mente é bom para a saúde psicológica. Cuidar dos dois ao mesmo tempo é aprender a manter o equilíbrio em todas as áreas de nossas vidas. Hoje vivemos momentos difíceis, onde a depressão e a ansiedade fazem parte do cotidiano de todos nós. Por onde passamos encontramos pessoas com relatos de falta de motivação ou medo do desconhecido. O que ninguém fala sobre essas questões é que é possível mudar os pensamentos e atingir o equilíbrio tão desejado por todos.

Uma boa forma de iniciar a busca do equilíbrio é sempre manter corpo e mente em movimento, exercite o corpo através de caminhadas, corridas, dança ou a atividade que lhe permita ter mais prazer. Exercite a mente através de leituras, escrita, conversas e bons pensamentos.

 Na teoria sabemos o quanto é importante buscar o equilíbrio, mas na prática poucas pessoas se arriscam a percorrer o caminho estabelecendo uma conexão entre corpo e mente.

Então, vamos começar a percorrer esse caminho?

Método Sinergia

Por VIVIANE MEYEREWICZ 03 dez, 2017

Olá! É um enorme prazer compartilhar com vocês assuntos de interesse comunitário nesse espaço repleto de informações e notícias. Por isso, conto com vocês no envio de sugestões de temas.

 Muitos de nós sabemos o quanto é importante cuidar do corpo e da mente. No entanto, quando precisamos colocar em prática o que realmente precisamos para estabelecer um equilíbrio entre o corpo e a mente acabamos deixando

sempre para depois. Não é verdade?

Esse comportamento de deixar para depois algo que pode ser feito agora gera grandes impactos em nossas vidas. Posso citar comportamentos recorrentes. Por exemplo: “Hoje não vou caminhar, amanhã eu caminho um pouco a
mais para compensar o que não fiz hoje”.

Quando chega o dia seguinte cometemos o mesmo erro de achar que amanhã podemos compensar o que não foi feito hoje. Fato é que ao emitirmos esse tipo de pensamento criamos um ritual de procrastinação que nos impede de fazer coisas simples do dia a dia, sendo assim, deixamos de cuidar do nosso corpo e nos tornamos sedentários.

A mesma coisa acontece em relação aos cuidados com a mente. Sempre deixamos para depois a ida ao psicólogo. Sempre há um motivo que impede: pode ser o horário, a falta de recurso financeiro ou até mesmo o fato de achar que não precisa de um psicólogo; afinal, para muitas pessoas o profissional em questão auxilia somente pessoas com problemas mentais. O que não é verdade!

O papel do psicólogo não é apenas lidar com situações de extremos, mas auxiliar qualquer pessoa que deseja se conhecer melhor, ter uma interação consigo mesmo e aprimorar suas habilidades de forma que elas atuem positivamente em seu desempenho pessoal e profissional. Diante dessa exposição, volto a questão do “deixar para depois”. Uma pessoa que deseja manter um equilíbrio na vida precisa manter o corpo e a mente em harmonia. Aí vem a pergunta, como colocar corpo e mente em equilíbrio?

A resposta é bem simples! Conheça a si mesmo, entenda seus limites, conheça suas habilidades e trabalhe-as com carinho e dedicação. Pode parecer difícil se propor o autoconhecimento, pois nem sempre sabemos por onde começar, ou se sabemos deixamos para depois.

Cuidar do corpo é importante para a saúde física e cuidar da mente é bom para a saúde psicológica. Cuidar dos dois ao mesmo tempo é aprender a manter o equilíbrio em todas as áreas de nossas vidas. Hoje vivemos momentos difíceis, onde a depressão e a ansiedade fazem parte do cotidiano de todos nós. Por onde passamos encontramos pessoas com relatos de falta de motivação ou medo do desconhecido. O que ninguém fala sobre essas questões é que é possível mudar os pensamentos e atingir o equilíbrio tão desejado por todos.

Uma boa forma de iniciar a busca do equilíbrio é sempre manter corpo e mente em movimento, exercite o corpo através de caminhadas, corridas, dança ou a atividade que lhe permita ter mais prazer. Exercite a mente através de leituras, escrita, conversas e bons pensamentos.

 Na teoria sabemos o quanto é importante buscar o equilíbrio, mas na prática poucas pessoas se arriscam a percorrer o caminho estabelecendo uma conexão entre corpo e mente.

Então, vamos começar a percorrer esse caminho?

Share by: